fbpx
PUBLICIDADE

NOVO enfrenta debandada de filiados, aponta jornal

Segundo "O Estado de S. Paulo", partido já tem mais ex-filiados do que filiados atuais
João Amoêdo em ato de campanha presidencial do Partido Novo em 2018 (Foto: Reprodução / João Amoêdo)
PUBLICIDADE

Em crise interna, o Partido Novo já perdeu mais da metade de seus filiados. É o que informa o jornal “O Estado de S. Paulo” nesta sexta-feira (3).

PUBLICIDADE

Segundo a publicação, ao todo já deixaram a sigla 35,5 mil filiados. Atualmente, o partido teria apenas 33,8 mil.

Em julho de 2021, o partido teria batido, ainda, recorde de desfiliações. Foram mais de mil pessoas que deixaram a agremiação e, consequentemente, pagar a mensalidade que ajudava a sustentar a sigla.

PUBLICIDADE

Contexto

Como vem sido alvo da cobertura do Boletim da Liberdade, há uma crescente hostilidade entre dois grupos na sigla: um mais crítico ao governo Jair Bolsonaro, e outro que preza por uma postura de maior independência, sem necessariamente endossar o impeachment.

Leia também:  Amoêdo lançará livro sobre sua 'jornada até a política'

Escancarou a crise o episódio do lançamento do nome de João Amoêdo ao Planalto, em junho.

A maior parte dos mandatários sustentou que o deputado federal Tiago Mitraud (NOVO/MG) também lançasse um nome para disputar o processo seletivo contra Amoêdo. Insatisfeito, Amoêdo acabou retirando sua pré-candidatura.

Além disso, houve episódios públicos de discordâncias entre parlamentares e fundadores.

PUBLICIDADE

Recentemente, como noticiado pelo Boletim, um grupo de filiados defendeu que a sigla seja mais aberta à pluralidade de posicionamentos.

+ Amoêdo deixa duro recado a mandatários do NOVO que não defendem impeachment

+ Bancada federal do NOVO não está unânime em defesa do impeachment

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama