fbpx
PUBLICIDADE

Mesmo sem Terça Livre confirmar vitória, Bolsonaro reconhece Joe Biden

Nas redes sociais, Bolsonaro deu "saudações ao presidente Joe Biden" e desejou os "melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo 'a terra dos livres e o lar dos corajosos", em referência ao hino americano
Jair Bolsonaro (Marcelo Casal Jr./Agência Brasil)
Jair Bolsonaro (Marcelo Casal Jr./Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro reconheceu nesta terça-feira (15) a vitória de Joe Biden no processo eleitoral americano à sucessão de Trump. A sinalização ao democrata ocorre após um mês do dia da eleição e um dia após a votação do Colégio Eleitoral. [1]

Nas redes sociais, Bolsonaro deu “saudações ao presidente Joe Biden” e desejou os “melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo ‘a terra dos livres e o lar dos corajosos”, em referência ao hino norte-americano.

“Estarei pronto a trabalhar com o novo governo e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos”, escreveu.





O Ministério das Relações Exteriores, por sua vez, republicou o cumprimento de Bolsonaro em sua página oficial. [2]

Foto: Reprodução/Twitter

O reconhecimento, no entanto, é considerado tardio. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, por exemplo, havia parabenizado o democrata ainda no início de novembro. O vice-presidente Hamilton Mourão já havia também feito o gesto na primeira quinzena do mês passado. [3][4]

Dentre os sites de extrema-direita que dão suporte ao presidente Jair Bolsonaro, contudo, o movimento foi inverso. O influente Terça-Livre foi um dos mais barulhentos em criticar o processo eleitoral americano e repercutir denúncias de fraudes. Até a publicação desta matéria, o blogueiro Allan dos Santos não havia se manifestado sobre o reconhecimento de Bolsonaro ao democrata.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama