PUBLICIDADE


Ciro é vaiado e chamado de oportunista em evento da UNE após criticar Lula

Ex-candidato à presidência da República, Ciro Gomes alertou sobre o perigo da estratégia usada pela esquerda, que, na sua avaliação, resultou em uma derrota ‘esmagadora e humilhante’ nas eleições

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Facebook

Ex-candidato à presidência da República, o pedetista Ciro Gomes foi chamado de “oportunista” e recebeu vaias em palestra concedida no Congresso da UNE nesta quinta-feira (7), em Salvador.

Crítico ao PT, Gomes alertou em sua exposição sobre o risco de relevar a corrupção, relembrou que o ex-presidente Lula aceitou se submeter a um processo legal em vez de, em forma de protesto, se asilar em uma embaixada, como havia sugerido o próprio Ciro, e criticou a estratégia da esquerda adotada nas eleições.


PUBLICIDADE


“Eu avisei que, se a direita ganhasse as eleições, o Lula ficaria encarcerado muito mais tempo. Todo mundo pode vomitar a paixão que quiser. Enquanto a gente ficar assim, acreditando em minorias ínfimas, [seremos] esmagadoramente derrotados. Companheiros e companheiras, nós fomos humilhantemente derrotados por essa estratégia. Insistir nela afunda o Brasil”, disse. [1]

Em um momento de maior empolgação, após vaias, Ciro repetiu a frase do irmão, Cid, para alertar sobre o perigo de deixar o debate público apenas sobre a prisão do Lula, que foi condenado nesta quarta-feira (6) pela segunda vez: “O Lula está preso, babaca”.

Abaixo, o momento onde Gomes é chamado de oportunista:

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.