fbpx
PUBLICIDADE


Arthur do Val, o ‘Mamãe Falei’, contrata perito e ameaça ir à justiça

O youtuber afirmou em vídeo publicado nesta sexta-feira (12) que não houve qualquer tipo de manipulação de imagem e que, inclusive, foi contratado um perito profissional para verificar os arquivos originais

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/YouTube

O youtuber Arthur do Val, dono do canal “Mamãe Falei”, manifestou-se nesta quinta-feira (12) sobre a polêmica que girou em torno do vídeo que fez com o pré-candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT). O apresentador do MBL News garantiu que não houve qualquer manipulação no vídeo.

Para dirimir todas as dúvidas, Do Val também adiantou que foi contratado um perito profissional para analisar o material e dar fim à polêmica. “Ele vai analisar o vídeo original. Fazer perícia no vídeo original”, explicou.


PUBLICIDADE



O youtuber afirmou ainda que, com base na perícia, poderá acionar na justiça aqueles que afirmaram que o vídeo era falso. O influenciador também direcionou sua crítica ao criador do blog “Catraca Livre”:

“Você não pode falar deliberadamente que eu criei uma Fake News. Você está fazendo uma Fake News falando que eu realmente criei intencionalmente uma Fake News. Que eu peguei um vídeo e editei de forma caluniosa para comprovar um fato que não existiu. Só que você vai se complicar um pouco. Eu tenho muita testemunha e o vídeo original. Você vai ter que provar na justiça, com os seus peritos, que eu realmente editei o vídeo”, ameaçou

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.