fbpx
PUBLICIDADE


Ciro Gomes dá tapa em Arthur do Val, do ‘Mamãe Falei’: assista

O youtuber levou dois tapas na nuca depois de fazer duas perguntas ao presidenciável; vídeo mostra ainda presidente do PDT gaúcho jogando guaraná em sua calça

- Publicado no dia
MBL anunciou o conflito imediatamente em suas redes sociais (Foto: Reprodução / Facebook)

O youtuber Arthur do Val, dono do canal “Mamãe Falei”, foi agredido com dois tapas no pescoço – um deles mais forte – na noite desta segunda-feira (3) pelo pré-candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT). O incidente ocorreu pouco antes do painel “Encontro com Presidenciáveis” realizado no 31º Fórum da Liberdade, em Porto Alegre.

A acusação inicial, sem vídeo, repercutiu entre lideranças do ecossistema pró-liberdade e virou notícia até no site da revista Época. À publicação, Do Val afirmou que levou dois tapas na nuca do pré-candidato do PDT após perguntar “se o sequestro do presidente Lula estava indo bem”. Em seguida, complementou: “Depois eu perguntei se ele achava certo receber o pessoal do Sérgio Moro na bala. E ele me deu dois tapas na nuca”. [1]

Diversas personalidades presenciaram a cena e repercutiram em suas redes sociais. Entre eles, o também youtuber Raphael Lima, Leandro Ruschel e o presidente do Instituto Mises Brasil, Helio Beltrão. “Esse é o candidato da esquerda mostrando como tratará a imprensa”, criticou Ruschel.


PUBLICIDADE



Horas depois do incidente, Arthur do Val divulgou as imagens. Elas mostram que Ciro negou as duas declarações apontadas criticamente pelo dono do canal “Mamãe Falei” fossem verdadeiras, e que Pompeo de Matos, presidente do PDT gaúcho, estava no local e jogou guaraná para afastar o youtuber, que também é pré-candidato a deputado estadual por São Paulo.

Confira o vídeo de Do Val na íntegra:

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.