fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro pede a Guedes redução de impostos de games e Kim responde

Deputado federal ligado ao MBL é gamer assumido e tem militado na causa, mas classificou que redução para 30% ainda seria "o triplo do imposto do baralho" e cobra diminuição ainda maior
Foto: Divulgação Câmara e Agência Brasil
Foto: Divulgação Câmara e Agência Brasil
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na noite desta quinta-feira (8) que solicitou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, uma nova redução para impostos sobre jogos eletrônicos. [1]

PUBLICIDADE

Nas redes sociais, Bolsonaro pontuou que, em 2019, os tributos caíram de 50% para 40% e que, na última quarta-feira (7), teria solicitado uma nova diminuição ao economista visando chegar à alíquota de 30%.

“Reconheço não ser o ideal, mas estamos avançando”, escreveu.

PUBLICIDADE

A medida, contudo, foi considerada insuficiente pelo deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP), gamer assumido e que tem militado na causa, como noticiado pelo Boletim da Liberdade. [2]

“30% não basta, presidente, ainda é o dobro do imposto sobre celulares e o TRIPLO do imposto sobre baralho”, reclamou.

Na avaliação do parlamentar, “a política de sobretaxa nos consoles não se justifica” e “só tem afastado empresas que geravam milhares de empregos no país, como Sony e Nintendo”.

+ Kim Kataguiri protocoliza pedido para redução do IPI sobre videogames

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama