fbpx
PUBLICIDADE


Bruna Linzmeyer e Marcelo Freixo se solidarizam com youtuber pró-Bolsonaro

A atriz é conhecida por sua militância a favor do feminismo e das pautas LGBT; o deputado federal, veemente crítico do presidente da República, disse que não importam as convicções políticas da vítima

- Publicado no dia
Marcelo Freixo (Foto: Divulgação / Facebook)

A atriz Bruna Linzmeyer, conhecida por defender as pautas LGBT, e o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL/RJ) se manifestaram nas redes sociais nesta quarta-feira (17) em solidariedade à youtuber Karol Eller, simpatizante do presidente Jair Bolsonaro. Eller é homossexual e foi espancada por conta disso, segundo o colunista Leo Dias.

Linzmeyer, que se notabilizou por fazer publicações defendendo a liberdade de não depilar as axilas e o feminismo, registrou uma nota de apoio bastante direta: “toda a minha solidariedade a Karol Eller”. Um dos seguidores da atriz comentou: “tomara que tenha aprendido o que o discurso de ódio dessa gente gera”. Os demais comentários, em geral, são de elogios à atitude da atriz.


PUBLICIDADE



 

O deputado Marcelo Freixo, por sua vez, comentou: “O que aconteceu com a youtuber Karol Eller, agredida num ataque homofóbico no Rio, é inaceitável. Repudio a violência, não importam quais sejam as convicções políticas da vítima. Me solidarizo com Karol e com a comunidade LGBT, alvo de discursos de ódio que alimentam a barbárie”.

 

Os comentários dos seguidores de Freixo se dividiram. Uma seguidora argumenta: “como se solidarizar com alguém que sofreu violência por homofobia se a mesma não acredita que exista?”. Outros elogiaram a atitude do deputado, mesmo eventualmente manifestando que não são seus eleitores ou concordam com seus pontos de vista.

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.