fbpx
PUBLICIDADE


Silas Malafaia adverte Eduardo Bolsonaro para não bajular Olavo de Carvalho

O pastor sugeriu acreditar que o político está sendo muito subserviente ao filósofo paulista e que deveria ter mais respeito com aliados políticos

- Publicado no dia
Silas Malafaia (Foto: Uol Notícias)

O pastor Silas Malafaia não está muito satisfeito com o comportamento dos filhos do presidente Jair Bolsonaro. Ele se manifestou, nesta segunda-feira (18), advertindo o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para que pare de “bajular o guru”, em referência ao filósofo Olavo de Carvalho. [1]

“Eduardo Bolsonaro! Eu fui um dos principais apoiadores do seu pai na campanha. Continuo apoiando e peço a Deus que ele faça um grande governo em prol do povo brasileiro. Você como político tem muito que aprender. Para começar, aprenda a respeitar aliados e deixe de bajular guru”, o líder evangélico escreveu em seu Twitter, em uma discussão que começou quando Eduardo Bolsonaro disse que brasileiros imigrantes ilegais são “uma vergonha” para o país e Malafaia achou que ele deveria ter ficado calado.


PUBLICIDADE



Os comentários vêm logo em seguida ao jantar em que Olavo de Carvalho sentou à direita do presidente. Eduardo Bolsonaro também está nos Estados Unidos e enaltece tanto Olavo quanto Steve Bannon, líder de uma articulação de partidos e lideranças políticas mundiais com ideias nacionalistas e antiglobalistas.

Não é a primeira vez em que Malafaia direciona críticas a alguém da família Bolsonaro. O próprio presidente foi alvo de comentários do pastor pressionando pelo cumprimento da promessa de transferir a embaixada de Israel de Tel Aviv para Jerusalém. A pauta é de interesse dos evangélicos, que acreditam, por razões teológicas, que Israel deve ser privilegiada.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.