PUBLICIDADE


Michel Temer passa a faixa presidencial para o presidente Jair Bolsonaro: assista

Novo presidente da República se despediu de Michel Temer e discursou para o público na Praça dos Três Poderes ao lado do vice-presidente eleito, Hamilton Mourão; Michelle Bolsonaro surpreendeu o público

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/GloboNews

Após ser empossado e fazer o seu primeiro discurso como presidente no plenário da Câmara dos Deputados, Jair Bolsonaro recebeu a faixa presidencial das mãos do agora ex-presidente Michel Temer no Palácio do Planalto na tarde desta sexta-feira (1º).

Após a entrega da faixa presidencial, o novo presidente da República se despediu de Temer, no interior do palácio, e voltou com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, ao parlatório.

Michelle Bolsonaro surpreendeu o público fazendo um discurso em libras e prometeu “contribuir com a promoção do ser humano”. A primeira-dama também beijou seu marido, levando os presentes ao delírio.


PUBLICIDADE



Foto: Reprodução/GloboNews

Tomando a palavra em seguida, Bolsonaro falou que “esse momento não tem preço” e afirmou que só está sendo possível porque “Deus preservou sua vida”. “Juntos, podemos trazer paz e prosperidade para o nosso povo”, afirmou.

“Hoje, o povo começou a se libertar do socialismo, da inversão de valores, do gigantismo estatal e do politicamente correto. As eleições deram voz a quem não era ouvido. A voz das ruas e das urnas foram muito claras. Estou aqui para responder e, mais uma vez, me comprometer com esse desejo de mudança. Também estou aqui para renovar nossas esperanças e lembrar que, se trabalharmos juntos, essa mudança será possível. […] A partir de hoje, vamos promover as transformações que o país precisa. Temos recursos minerais abundantes, terras férteis abençoadas por Deus e um povo maravilhoso. Os primeiros passos já foram dados e, graças a vocês, fui eleito com a campanha mais barata da história”, afirmou, para delírio do público.

O presidente afirmou ainda que o brasileiro deve sonhar com o fruto do seu trabalho pela meritocracia e que o governo deve “pavimentar rumo um futuro melhor, ao invés de criar pedágios e barreiras”.  Ao fim, ergueu a bandeira do Brasil ao lado do novo vice-presidente, Hamilton Mourão, e disse que ela “jamais será vermelha”.

Leia também:  Casa Branca celebra em vídeo união entre Jair Bolsonaro e Donald Trump

PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.