fbpx
PUBLICIDADE

Trump teria consultado Temer sobre possível invasão à Venezuela

Segundo relato e apuração da agência de notícias internacional Associated Press, o presidente norte-americano teria tocado diversas vezes no assunto de uma invasão armada à Venezuela em 2017
(Foto: Reprodução /O Globo)
PUBLICIDADE

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teria considerado ao longo do último ano iniciar uma ação militar na Venezuela para depor a ditadura de Nicolas Maduro. A informação foi publicada originalmente pela agência de notícias internacional Associated Press e repercutida em alguns dos principais veículos de comunicação do mundo. [1][2][3]

PUBLICIDADE

Segundo o relato, obtido de uma fonte interna da Casa Branca, Trump teria insistido no assunto em diversas ocasiões a partir de agosto de 2017. Sua staff próxima, entretanto, tentou convencê-lo de que a medida não seria positiva e poderia fazer com que os Estados Unidos perdesse o apoio de diversos governos latino-americanos.

A possibilidade de uma invasão armada, porém, não parou por aí. Trump teria tratado do assunto com outros presidentes da América do Sul mesmo após ter sido advertido por assessores.

PUBLICIDADE

O então presidente Juan Manual Santos, da Colômbia, chegou a ser consultado, bem como o presidente brasileiro Michel Temer por ocasião da Assembleia Geral da ONU, em Nova York. O assunto, porém, teria morrido após as lideranças sulamericanas terem se posicionado claramente que não gostariam de uma medida do gênero.

E você, apoiaria uma intervenção armada dos Estados Unidos para depor o governo venezuelano? Deixe sua opinião na enquete abaixo, que ficará no ar até o próximo sábado (07/07):

[poll id=”24″]

+ Ex-ministro da Venezuela diz que ação militar estrangeira deve ser considerada

PUBLICIDADE

+ FEE lança vídeo animado sobre o colapso da Venezuela socialista: assista

+ Frota faz declaração polêmica sobre venezuelanos no Brasil e gera reações

+ Envio de tropas brasileiras para a África gera polêmica: qual é a sua opinião?

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama