PUBLICIDADE


João Amoêdo, Jair Bolsonaro e Flávio Rocha dão primeiras declarações sobre pedido de prisão de Lula

Pré-candidatos à presidência da república mais alinhados à direita começaram a se manifestar poucos minutos após a determinação da prisão de Lula pelo juiz Sérgio Moro

- Publicado no dia
João Amoêdo, Jair Bolsonaro e Flávio Rocha (Foto: Reprodução/Facebook)

Poucos minutos após o juiz Sérgio Moro determinar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os pré-candidatos à presidência da república Flávio Rocha (PRB), João Amoêdo (NOVO) e Jair Bolsonaro (PSL) já se manifestaram nas redes sociais.

Amoêdo elogiou o TRF-4 e Moro pela agilidade. “Sergio Moro e TRF-4 dão mais um exemplo de como a justiça deve funcionar: com agilidade e tratando todos da mesma forma”, escreveu. [1]


PUBLICIDADE



Já o empresário Flávio Rocha, pré-candidato pelo PRB e apoiado pelo MBL, disse que “a justiça chegou a jato” e utilizou a hashtag “#ALeiÉParaTodos”. [2]

Líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL), por sua vez, publicou em seu Twitter um singelo “Boa Noite” com a bandeira do Brasil. Até o momento da publicação desta matéria, a mensagem já havia sido compartilhada 1,7 mil vezes.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.