fbpx

Internet resgata e ironiza mudança de cor de Dino

O ministro de Lula se autodeclarava branco quando concorreu a governador do Maranhão em 2014, mas mudou para pardo em 2018
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Compartilhe

O jornal Folha de São Paulo disse que o ministro da Justiça, Flávio Dino, será o “5º negro na história do STF” caso se confirme a votação na CCJ do Senado. Algumas horas depois, a internet já estava tomada de publicações e memes ridicularizando a Folha.

“O mais novo membro do movimento negro nacional. Dino Black Power!” ironizou o professor Dennys Xavier. “Além de comunista, Dino deve ser camaleônico. Quanta mistificação marxista. Até na quantidade de melanina!”, comentou a jurista e colunista do Boletim da Liberdade, Katia Magalhães.

Quem também aproveitou para comentar e fazer piada com o tema foi o comediante Léo Lins. “Quando o Monark chamou ele de gordo, tomou processo. Será que o Dino se vê como um negro magro?! Se ele enxerga tudo ao contrário faz sentido ele elogiar tanto o caráter do Lula”, disse.

Leia também:  O que muda com a nova decisão do STF sobre o porte de maconha para uso pessoal: Legalização ou Descriminalização?

Diversos internautas também compartilharam uma imagem em que resgata registros de campanhas anteriores em Dino se candidatou. Em 2014, o ministro da Justiça de Lula se autodeclarava como branco quando concorreu a governador do Maranhão. Já em 2018, mudou a autodeclaração de cor para pardo.

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?