fbpx
PUBLICIDADE

Moro não leva jeito para a política, diz Bolsonaro

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, presidente criticou o Supremo, o processo eleitoral e também afirmou que não foi batido martelo sobre a escolha de quem será seu vice
Pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro. (Foto: Carolina Antunes/PR)
PUBLICIDADE

Em entrevista à jornalista Leda Nagle publicada nesta quarta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que o ex-ministro Sérgio Moro não leva jeito para a política.

PUBLICIDADE

“O Moro subiu a cabeça dele que tinha que ir para o Supremo e depois ser presidente. Isso atrapalhou o trabalho aqui em Brasília. Chegou uma hora que não deu mais. […] Ele tinha ainda um capital grande na política. Mas ele não leva jeito para a política, Leda. Até a maneira dele falar, a maneira como ele conversa, com a cabeça para baixo. Não vou atacar o Moro de nada não, mas é tal negócio, se me colocar para dançar forró, eu não levo jeito para dançar. Eu tenho estrutura dura… e ele não leva jeito para a política”, pontuou.

Leia também:  Bolsonaro deve editar MP para facilitar vacinação privada, diz jornal

Na mesma entrevista, Bolsonaro também desconversou sobre quem será seu candidato a vice, afirmando que não foi “batido o martelo” sobre nada.

PUBLICIDADE

“Toda semana inventam uma fofoca. O Braga Netto tem uma passagem marcante no Rio de Janeiro, na intervenção, terminou o tempo dele de 45 anos de serviço, veio trabalhar aqui na Casa Civil, fez um trabalho excepcional. [É] cotadíssimo [para ser vice]. E a Tereza Cristina também está cotadíssima, [é] um excelente nome”, destacou, observando que a ex-ministra também pode ser uma boa candidata ao Senado.

“Eu entendo que a escolha de vice, diferentemente do que ocorreu em 2018, quando fui muito corrido, é quase… um casamento. É quem vai me substituir. Para eu ficar tranquilo. O Mourão tem uma personalidade muito forte, dava suas opiniões de forma independente, e a imprensa deitava e rolava em cima disso. Não tenho nenhum atrito com o Mourão, inclusive torço por ele, nessa pré-campanha ao Senado no Rio Grande do Sul. Espero que dê certo”, afirmou.

Leia também:  Bolsonaro defende abertura de CPI contra a Petrobras

Veja, abaixo, a entrevista:

PUBLICIDADE

Entre em nossos grupos do WhatsApp para continuar tendo acesso às nossas notícias, incluindo um balanço semanal do principal que foi publicado. É gratuito. Clique aqui.

Aproveitamos para te convidar a assistir abaixo a nossa última transmissão ao vivo em nosso canal do YouTube tendo como tema petróleo, polêmicas e soluções:

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?