fbpx
PUBLICIDADE

Dilma vê ‘interessante’ o ‘socialismo chinês de mercado’

Ex-presidente concedeu entrevista ao canal "Opera Mundi" e destacou a importância de se encontrar modelo que respeite o meio ambiente
Dilma Rousseff deixa o Palácio da Alvorada, em Brasília, em setembro de 2016 após Senado condená-la à perda do mandato (Foto: Wilson Dias/Agência Brasi)
PUBLICIDADE

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse, em entrevista ao canal “Opera Mundi” nesta quarta-feira (8), que vê com interesse o modelo de desenvolvimento chinês, que chamou de “socialismo de mercado”. [1]

PUBLICIDADE

“Temos que ver para onde a China caminha. Se, de fato, conseguirão um processo de transformação que acompanha o social, o cultural, o econômico e o democrático. Porque esse é um grande desafio e não houve ainda uma experiência histórica que permita isso”, ponderou Dilma.

A ex-presidente também afirmou que esse seria o “grande sonho da humanidade há muito tempo”.

PUBLICIDADE

A petista também destacou a importância do que chamou de “desenvolvimento ambientalmente correto e a capacidade de a gente ter uma relação com a natureza que não é essa que eleva a temperatura, a emissão de gases efeito estufa e que cria pandemia e doenças”, segundo ela.

“Talvez, nós estejamos em um momento histórico em que se amadureceu mais as condições para que a gente pense a respeito de uma outra sociedade que é possível, uma sociedade socialista democrática que seja de fato uma sociedade que contemple o meio ambiente. Eu acompanho muito a experiência chinesa porque acredito que eles têm feito algumas inovações, principalmente porque tem algumas coisas interessantes na capacidade do chamado socialismo chinês de mercado. Acho ele muito interessante”, destacou.

Veja, abaixo, a fala na íntegra:

PUBLICIDADE

Entre em nossos grupos do WhatsApp para continuar tendo acesso às nossas notícias, incluindo um balanço semanal do principal que foi publicado. É gratuito. Clique aqui.

Aproveitamos para te convidar a assistir abaixo a nossa última transmissão ao vivo em nosso canal do YouTube tendo como tema petróleo, polêmicas e soluções:

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?