fbpx
PUBLICIDADE

Moro defende ‘economia liberal’, mas desconversa sobre privatizar Petrobras

À CNN Brasil, ex-juiz afirmou que defende um Estado atuando mais na regulação, com um 'papel mais limitado' na economia, mas disse precisar de estudos para se posicionar sobre a venda da Petrobras
Foto: Reprodução/YouTube
PUBLICIDADE

Já listado como um dos pré-candidatos à presidência da República para 2022, Sérgio Moro (Podemos) disse em entrevista à CNN Brasil na noite desta terça-feira (23) que é favorável a uma economia liberal.

PUBLICIDADE

O ex-ministro da Justiça, contudo, desconversou quando perguntado sobre a privatização da Petrobras, alegando que precisaria de mais estudos.

“Essa é uma questão que tem que ser respondida com base em estudo. Não se pode fazer uma afirmação categórica a esse respeito. Eu sou a favor de uma economia liberal. O papel de uma iniciativa privada que busca inovação e abertura de mercados é fundamental. Vejo o papel do Estado dentro de uma economia mais limitado, no papel regulador”, disse.

PUBLICIDADE

Leia também:  Deltan: 'brechas nas leis e a demora na justiça garantem a impunidade'

Ainda sobre a privatização da Petrobras, o ex-juiz da Lava Jato destacou que “qualquer decisão depende de uma análise sobre como isso vai ser feito”.

“E, no fundo, nós estamos falando aqui do problema errado. Nós estamos indo para um mundo do baixo carbono. Nós estamos indo para um mundo em que a preocupação é a economia digital, é a economia verde, a sustentabilidade, fontes de energia renovável. Nós vemos o mundo inteiro hoje em dia discutindo a substituição da energia fóssil por outras fontes de energia. Nós estamos presos em uma discussão sobre a privatização da Petrobras que é do século passado”, avaliou.

Mais tarde, contudo, afirmou que “se do ponto de vista econômico fizer sentido a privatização da Petrobras e se isso gerar eficiência para a economia, a decisão tem que ser tomada”. “Mas não posso fazer esse tipo de afirmação sem que a gente faça um estudo”, ressaltou.

Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?