fbpx
PUBLICIDADE

China anuncia proibição de todas as operações com criptomoedas

Decisão da segunda maior economia do planeta é justificada pelo Banco Central do país como uma reação aos riscos da modalidade aos 'ativos das pessoas'
Xi Jinping, presidente da China (Foto: Reprodução/Facebook)
PUBLICIDADE

Uma das maiores potências da atualidade não quer saber das criptomoedas, tão exaltadas por muitos liberais e libertários. A China anunciou nesta sexta-feira (24) que todas as operações realizadas através desse meio serão consideradas ilegais a partir de agora. [1]

PUBLICIDADE

“As atividades comerciais vinculadas a moedas virtuais são atividades financeiras ilegais”, sentenciou o Banco Popular da China, que é o Banco Central chinês. A instituição alegou ainda que moedas como o bitcoin colocam “em grave perigo os ativos das pessoas”.

O bitcoin registrou queda no Brasil de 4,18%, vendido a R$ 227.750,63 depois do anúncio feito pela segunda maior economia do mundo. O governo chinês de Xi Jinping havia se comprometido em maio com o propósito de extinguir a mineração e as transações com criptomoedas. [2]

PUBLICIDADE

Instituições financeiras, empresas de pagamento e internet também foram proibidas de facilitar operações com as criptomoedas. O Banco Popular advertiu que os infratores das novas normas serão “investigados por responsabilidade penal, de acordo com a lei”.

Na visão das autoridades chinesas, “o comércio e a especulação com bitcoin e outras moedas virtuais se estenderam, alterando a ordem econômica e financeira, aumentando a lavagem de dinheiro, a arrecadação de fundos ilegais, os esquemas de pirâmides e outras atividades criminosas e ilegais”.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?