fbpx
PUBLICIDADE

Ativista do MBL denuncia Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional

Renato Battista deve ser o principal nome do Movimento Brasil Livre para uma vaga na ALESP em 2021
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
PUBLICIDADE

O ativista Renato Battista, do Movimento Brasil Livre (MBL), afirmou em suas redes sociais que denunciou o presidente Jair Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional de Haia. [1][2][3]

PUBLICIDADE

Battista, que deve concorrer a deputado estadual pelo movimento em São Paulo, acusa Bolsonaro de genocídio ao negligenciar a gravidade da pandemia e pede sua prisão.

A denúncia, informa o site do jornal “Folha de S. Paulo”, se juntará a outra, feita em 2020, por trabalhadores de saúde do Brasil.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Barroso rebate ataques de Bolsonaro e fala de 'falta de compostura'

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama