fbpx
PUBLICIDADE

Partidos entram com ação no TSE pedindo provas de fraudes eleitorais

Para as siglas de oposição, o presidente deve demonstrar que aconteceram fraudes nos últimos processos eleitorais do país; os partidos também reclamaram de críticas e ofensas ao TSE
Bolsonaro em transmissão ao vivo (Foto: Reprodução/Youtube)
PUBLICIDADE

A transmissão ao vivo do presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (29) sobre as supostas fraudes eleitorais nas urnas eletrônicas continua provocando reações no cenário político. Neste sábado (31), onze partidos se uniram para protocolar uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo ao órgão que exija provas. [1]

PUBLICIDADE

O presidente, que discursou por mais de duas horas, afirmou que, na verdade, não há como provar a ocorrência efetiva de fraudes no sistema eleitoral. Ele apresentou vídeos e notícias que considera indícios da veracidade do problema.

O MDB, o Solidariedade, o PT, o PSDB, o PDT, o PSOL, a REDE, o Cidadania, o PV, o PSTU e o PCdoB não consideraram as alegações do presidente satisfatórias e avaliaram a transmissão como um gesto “estritamente político” na ação protocolada. O governo federal ainda não se manifestou sobre a reivindicação das siglas.

PUBLICIDADE

Leia também:  'Petrobras pode mergulhar Brasil num caos', diz Bolsonaro

De acordo com o requerimento, o discurso de Bolsonaro continha “críticas expressas a partidos de oposição, deputados e senadores que se manifestam de maneira contrária aos interesses do presidente Jair Bolsonaro”, além de “ofensas ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral”.

Ainda segundo os partidos de oposição, o discurso “busca desmerecer os pilares democráticos e uma forma de eleição cuja confiabilidade vem sendo observada por quase um século, garantindo a alternância democrática em estrito reflexo da vontade popular”.

PUBLICIDADE

Entre em nossos grupos do WhatsApp para continuar tendo acesso às nossas notícias. É gratuito. Clique aqui.

Aproveitamos para te convidar a assistir abaixo a nossa última transmissão ao vivo em nosso canal do YouTube:

Leia também:  'Petrobras pode mergulhar Brasil num caos', diz Bolsonaro
Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?