fbpx
PUBLICIDADE

Medida de Bolsonaro faz ministros ganharem mais de R$ 100 mil

Permissão para acúmulo dos vencimentos de aposentadoria com salário da ativa permitiu que salários da cúpula militar ultrapassasse R$ 100 mil
Hamilton Mourão (Valter Campanato/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

Uma portaria do Ministério da Economia que permitiu o acúmulo de vencimentos acima do teto salarial do funcionalismo começa a dar os primeiros “resultados”.

PUBLICIDADE

Em junho, segundo um levantamento feito pelo site “Metrópoles” e também repercutido pelo “O Antagonista”, diversos servidores receberam mais de R$ 100 mil de remuneração. [1][2][3]

Entre os nomes, estão ministros militares da reserva da alta cúpula do governo. Veja a lista:

PUBLICIDADE

– Luiz Ramos (Casa Civil): R$ 111,2 mil
– Hamilton Mourão (Vice-Presidente): R$ 108,7 mil
– Augusto Heleno (GSI): R$ 107,2 mil
– Walter Braga Netto (Defesa): R$ 100,6 mil

A portaria permite que servidores aposentadores acumulem o benefício ao salário da reserva com o da ativa.

A alta remuneração, chegando aos seis dígitos, por sua vez, foi motivada pelo pagamento da primeira parcela do 13º.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama