fbpx
PUBLICIDADE

Deputado estuda reduzir faixa de isenção da proposta de novo imposto, diz jornal

Segundo o jornal "O Globo", começa a ser considerada no Congresso a possibilidade de que novo imposto sobre dividendos tenha menor faixa de isenção para contemplar todos os tipos de empresa
O deputado federal Celso Sabino (Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados)
PUBLICIDADE

Se a segunda parte da reforma tributária proposta pelo ministro Paulo Guedes já suscitou polêmica por ser considerada um aumento de tributos, uma nova medida estudada pelo deputado federal Celso Sabino (PSDB/PA) deve provocar ainda mais controvérsia.

PUBLICIDADE

De acordo com informações publicadas pelo jornal “O Globo” nesta quinta-feira (15), o parlamentar, que é relator da reforma do Imposto de Renda, “estuda fazer uma nova alteração” para que todos os impostos sobre dividendos acima de R$ 2,5 mil mensais sejam tributados.

Na proposta original, defendida pelo governo, a isenção do novo imposto sobre dividendos seria de até R$ 20 mil mensais para micro e pequenas empresas incluídas no Simples Nacional. Dessa forma, não impactaria, sobretudo, pequenos empresários e profissionais liberais.

PUBLICIDADE

Sampaio, por sua vez, defende que a isenção valha para todas as modalidades de empresa, embora em valor consideravelmente menor. Na prática, isso também aumentaria o espaço de renúncia fiscal do governo, mas penalizando o pequeno empresário.

Segundo o jornal “O Globo”, o que suscitaria esse raciocínio é que a reforma, tal como proposta pelo governo federal, poderia, na prática, ser um incentivo para a criação de mais CNPJs para livrar-se de impostos.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?