fbpx
PUBLICIDADE

Reforma administrativa deve ser votada na CCJ já nesta semana

"Informação foi antecipada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, em entrevista nesta segunda-feira (10); proposto pelo Poder Executivo, texto diferencia "carreiras típicas de Estado" de outras
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Proposta de Emenda Constitucional da reforma administrativa (PEC 32/2020), que quer alterar as regras para o serviço público no Brasil, deve ser votada nesta semana na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

A informação foi confirmada nesta segunda-feira (10) pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP/AL), e repercutida pela Agência Câmara.

Caso aprovada a admissibilidade da PEC na CCJ, a proposta tramitará em comissão especial, quando será analisada o seu mérito.





Na avaliação de Lira, a PEC deve seguir apenas propondo regras para os novos servidores, portanto sem afetar os direitos dos antigos.

“No Brasil, temos a figura do direito adquirido. É difícil enfrentar [esse direito] de forma tranquila. O ótimo é inimigo do bom, eu não me preocupo com o texto que chega, mas como ele sai”, avaliou.

Entre os principais pontos da reforma, está a diferenciação entre as carreiras de Estado e as demais carreiras do serviço público. Apenas as carreiras de Estado gozariam da estabilidade prevista na Constituição.

Na justificativa da PEC, o ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou que o texto foi idealizado para “modernizar o Estado, conferindo maior dinamicidade, racionalidade e eficiência à sua atuação”, “aproximar o serviço público brasileiro da realidade do país” e “garantir condições orçamentárias e financeiras para a existência do Estado”.





Ao lado da reforma da previdência, já superada, e da reforma tributária, em progresso, a reforma administrativa é considerada uma das mais importantes para a modernização do Estado Brasileiro. [1][2][3]

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama