fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro estaria negociando com partido de Everaldo, diz site

Presidente tem conversado com diversos partidos sobre um possível ingresso para disputar a reeleição; até então, a especulação mais forte girava em torno do Patriota
Bolsonaro conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada (Foto: Reprodução/YouTube)

O site “O Antagonista” divulgou nesta quarta-feira (3) que o presidente Jair Bolsonaro estaria tendo conversas sobre a possibilidade de regressar no Partido Social Cristão, o PSC. [1]

De acordo com a publicação, as negociações estariam “ocorrendo discretamente, às vezes no Palácio do Planalto, outras no Palácio da Alvorada”.

O PSC ainda tem como presidente Pastor Everaldo, preso em decorrência das investigações relacionadas ao governo Wilson Witzel. Witzel, por sua vez, também pertence à sigla. [2]





Caso se confirme a volta do clã à sigla, porém, isso não significa novidade. Bolsonaro se aproximou da legenda e, durante bastante tempo, era por ela que pretendia ser candidato em 2018.

Nesse meio tempo, em 2016, o então deputado estadual e atual senador Flávio Bolsonaro (sem partido) concorreu pelo próprio PSC à Prefeitura do Rio. Acabou não chegando ao segundo turno.

Além do PSC, correm por fora na disputa por Bolsonaro o Patriota, de Adilson Pires, e o PTB, de Roberto Jefferson. Muitos bolsonaristas também estão filiados ao Republicanos, caso do vereador Carlos Bolsonaro, do Rio de Janeiro.

Atualmente sem partido, Bolsonaro ainda consta no TSE como presidente do Aliança pelo Brasil – sigla em formação desde 2019 após o desentendimento dos bolsonaristas com o PSL. [3]





Apesar de ainda haver eventos de recolhimento de assinaturas, há a percepção de que a legenda pode não conseguir ser registrada a tempo das eleições 2022. Oficialmente, a justificativa é que a pandemia teria atrapalhado os planos de formalização.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama