fbpx
PUBLICIDADE


Bancada do NOVO no RJ apresenta Código de Defesa do Empreendedor

Iniciativa chegou a ser aprovada na Assembleia Legislativa de São Paulo, mas acabou vetada pelo governador João Doria que usou argumento de ser análoga a lei federal; agora, ideia é apresentada na ALERJ

Adriana Balthazar e Alexandre Freitas, deputados estaduais do NOVO na ALERJ (Foto: Divulgação)

O Código de Defesa do Empreendedor, projeto de lei que nasceu em São Paulo pelas mãos dos deputados estaduais Ricardo Mellão (NOVO/SP), Sérgio Victor (NOVO/SP) e Itamar Borges (MDB/SP) mas que, mesmo aprovado na ALESP, foi vetado pelo governador João Doria (PSDB), foi apresentado no início de fevereiro em terras fluminenses. [1]

A iniciativa veio dos deputados estaduais Adriana Balthazar (NOVO/RJ) e Alexandre Freitas (NOVO/RJ), os únicos do NOVO na ALERJ, e, entre outros pontos, lista “deveres do Estado para garantia da livre iniciativa” e um conjunto de “direitos dos empreendedores”.


PUBLICIDADE



Se aprovada, a lei garantirá que é um direito do empreendedor “ter o Estado como um parceiro e facilitador da atividade econômica” e que o empresário terá “assegurada a liberdade para desenvolver atividade econômica em qualquer horário e dia da semana”.

Outro ponto que se destaca no texto é a previsão legal da “presunção da boa fé” em favor do empreendedor, que poderia apresentar “documentação no âmbito de procedimentos administrativos, incluindo de representação e identificação, com presunção de veracidade, independente de chancela cartorária de qualquer espécie”.


PUBLICIDADE



Na justificativa, Freitas pontuou que “quanto maior for a facilidade para abrir novos negócios, maior será a competição por preços mais justos e principalmente maior será o impacto positivo na geração de oferta de empregos, de salários e das rendas familiares”. [2]

Em agosto de 2020, o deputado federal Alexis Fonteyne (NOVO/SP) também apresentou a iniciativa de instituir um Código de Defesa do Empreendedor em caráter nacional. O projeto segue em tramitação. [3]


ERRAMOS: Originalmente, informamos que o deputado estadual Itamar Borges era do NOVO. Na verdade, ele é filiado ao MDB. A publicação foi atualizada às 11h28 do dia 15/02, menos de 20 minutos após ir ao ar.

★ ★ ★

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo...

...mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.


➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Muito obrigado!



PUBLICIDADE



Comentários