fbpx
PUBLICIDADE

Fundador do Partido Novo, João Amoêdo já pontua em pesquisa para 2022

Os cenários de segundo turno, por sua vez, que não foram traçados com Amoêdo, reforçam o duelo firme entre o ex-ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro
(Foto: Boletim da Liberdade)
(Foto: Boletim da Liberdade)
PUBLICIDADE

A pesquisa Ipespe/XP que apontou queda na popularidade do presidente Jair Bolsonaro também traçou cenários para as eleições de 2022. Em um deles, o ex-candidato à presidência da República e principal fundador do Partido Novo, João Amoêdo, pontua em cenário de 1º turno tanto na pesquisa espontânea quanto na estimulada. [1]

PUBLICIDADE

Na espontânea, em que os entrevistados não são apresentados aos possíveis candidatos, o liberal aparece com 1% das respostas – à frente de nomes como Rodrigo Maia (0,2%) e Paulo Guedes (0,3%) e empatado com figuras como João Doria (1%) e Luciano Huck (1%). Bolsonaro aparece com 22%.

Na estimulada, por sua vez, Amoêdo salta para 3%. O apresentador Luciano Huck vai a 7%, João Doria a 4%. Paulo Guedes e Rodrigo Maia não aparecem no levantamento.

PUBLICIDADE

Os cenários de segundo turno, por sua vez, que não foram traçados com Amoêdo, reforçam o duelo firme entre o ex-ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro.

Em dezembro, o presidente ganharia por 36% a 34%. Em janeiro, Moro inverte e volta a aparecer vitorioso, com 36% contra 33% de Bolsonaro.

O levantamento, feito pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a XP investimentos, teve cobertura nacional e ouviu 1.000 entrevistas por meio de ligações telefônicas entre os dias 11 a 14 de janeiro. A margem de erro é de 3,2%.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama