fbpx
PUBLICIDADE


Pré-candidato a vereador quer levar ideias liberais para capital de Mato Grosso

Giorgio Aguiar figura entre uma das mais importantes lideranças liberais de Mato Grosso e conseguiu capitar apoio de nomes como Arthur do Val, Gabriel Monteiro e da página Sentinelas da Liberdade

- Publicado no dia
Foto: Divulgação

O advogado Giorgio Aguiar é liberal e um dos principais ativistas pró-liberdade em Mato Grosso. Nessa eleição, Giorgio disputará uma cadeira no parlamento da capital de Mato Grosso pelo Partido Novo, onde pretende travar uma lutar contra a corrupção e a burocratização da cidade.

O pré-candidato conseguiu destaque depois de arrancar cartazes irregulares que elogiavam o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) que é acusado de corrupção. Giorgio ainda conseguiu captar apoios importantes como as dos youtuberes Gabriel Monteiro e Arthur do Val, além da página Sentinelas da Liberdade.


PUBLICIDADE



Em entrevista exclusiva ao Boletim da Liberdade, o pré-candidato conversou sobre a importância de eleger liberais, sobre geração de empregos e muitos outros assuntos. Confira:

1) Pré-candidato, é verdade que na justiça do trabalho você prefere advogar para as empresas? Você tem alguma crítica para a justiça do trabalho?

Sim, na minha carreira eu sempre preferi advogar para o empregador, pois eu acredito que deveríamos ter um ambiente mais simples para a geração de emprego e renda. Temos um país com um grande número de desempregados e uma legislação trabalhista que cria grandes entraves para contratação.

Comemorei muito a reforma trabalhista, pois entendo que as demandas ficaram mais realistas, atualmente uma ação é proposta mais próxima do direito que o empregado tem direito, o que antes não acontecia. Isso passa pela minha linha ideológica de desburocratizar e de dar mais liberdade ao cidadão e um ambiente de negócio propício ao emprego.

2) Giorgio, o Deputado Ulysses é liberal também, você conta com o apoio dele?

Tenho recebido muitos apoios importantes na minha pré-candidatura. E o apoio do Deputado Ulysses Moraes é com certeza um dos maiores que tive até o momento, pois luta incansavelmente pelo nosso Estado. Isso faz minha responsabilidade aumentar ainda mais e querer replicar a boa política que ele vem desenvolvendo agora em Cuiabá.

Também posso citar o apoio do Gabriel Monteiro do Rio de Janeiro, que é um policial militar, grande combatente da corrupção, do Arthur do canal Mamãe Falei, que também já sinalizou que irá me apoiar e andar comigo na construção de uma Cuiabá mais livre e do perfil Sentinelas da Liberdade que divulga com maestria as ideias de liberdade. São pessoas que me motivam e que me fazem querer ser melhor para o bem da nossa Cuiabá.

3) Esse ano você tirou das ruas várias faixas ilegais em apoio ao prefeito de Cuiabá, acusado de corrupção. O que te levou a esse ato de protesto?

A indignação total me levou a isso! Eu sentia uma revolta imensa ao passar pela Avenida Miguel Sutil e ver aquelas faixas penduradas nos postes de iluminação pública que continham frases bizarras de elogios ao Prefeito de Cuiabá em decorrência da entrega de um hospital pago com dinheiro público.

Primeiro que é ridículo agradecer o prefeito, que recebe um alto salário, por ter feito o trabalho dele. Segundo que o hospital foi pago com dinheiro público. E terceiro que a Lei N.º 443/2017 de Cuiabá proíbe a colocação de faixas em postes de iluminação pública. Ou seja, o próprio prefeito, ou quem colocou as faixas, viola a lei.

Em nome dessa indignação e de cada cidadão e cidadã de Cuiabá eu fui lá e retirei as faixas, até hoje ninguém as reivindicou, sinal de que estavam de fato violando a lei e a ordem.

E assim será, quando eu ver algo bizarro como essas faixas e a omissão consciente do Poder Público eu irei representar cada cuiabano de bem e fazer o correto. Fiscalizar e denunciar o que estiver errado.

4) Para você, qual é a importância de eleger liberais e libertários em cargos políticos pelo Brasil?

Eleger liberais e libertários significa escolher o caminho do crescimento e da recuperação econômica. Não se obtém resultados diferentes com a mesma fórmula existente há anos. Em Cuiabá, por exemplo, se o Cuiabano continuar a escolher mal seus representantes, as pessoas continuarão a pagar caro por essa escolha, seja com o arquivamento da CPI do Paletó, como pela criação de alvará sanitário para a venda de delivery (aplicativos iFood e Uber Eats) em plena pandemia, trazendo mais burocracia e entrave ao micro e pequeno empreendedor.

Anota o que estou falando, o pós-pandemia vai revelar a importância de representantes liberais e libertários, por que a população vai necessitar de um ambiente favorável à recuperação econômica e isso, definitivamente, não virá com as pessoas que estão lá.

5) Você pretende abrir mão de algum benefício da câmara depois de eleito? Quais?

Pretendo sim! Acredito que devemos diminuir o tamanho do Estado, para que o cidadão seja o protagonista na aplicação do dinheiro. Temos 25 vereadores em Cuiabá, a um custo muito alto. Trago como bandeira a redução em 50% da verba indenizatória, e já assinei um termo de compromisso em que abro mão de carro oficial, motorista, celular, bem como reduzirei consideravelmente o número de assessores.

Não é possível que um vereador necessite de tanta estrutura para trabalhar. Fico me perguntando, pra que um vereador precisa de carro da Câmara Municipal? Ele não trabalhava antes? Não usava carro? Então que continue depois de eleito e pare de gastar o dinheiro do pagador de impostos com privilégios ridículos.

6) De modo geral, o Movimento Brasil Livre vem sofrendo críticas de inúmeros segmentos da Direita, como os conservadores e os Libertários, como você vê esse desgaste?

Vejo com pesar. Gostaria de ver uma direita mais unida, coesa, trabalhando junto. Você não vê essa desunião na esquerda, muito pelo contrário, são unidos, fortalecem suas pautas e ideais, já entenderam que a divisão faz perder espaço. Entendo que existem posicionamentos que trazem essa ruptura, tal como o MBL vem fazendo, mas no que for essencial ao país, a direita precisa urgentemente aprender a caminhar junto, construir, saber que a divergência existe, mas olhamos para o mesmo lado em quase tudo.

Gostaria de ver a direita lutando mais por ideias e menos por pessoas, o dia que aprendermos isso, com certeza não existirá tanto essa briga entre movimentos e segmentos.

7) Recentemente a Câmara Municipal de Cuiabá arquivou a CPI do Paletó que investigava os casos de corrupção ligados ao prefeito Emanuel Pinheiro, como você viu essa postura da câmara? Alguma crítica?

É uma vergonha! Não dá para termos uma Câmara Municipal com o apelido de “Casa dos Horrores”, o Cuiabano não merece isso. Passaram mais de 3 anos daquele vídeo do Prefeito Emanuel Pinheiro colocando dinheiro no paletó e nada foi feito. Infelizmente ele tem uma base de vereadores que vergonhosamente o protege, na minha opinião, tão canalhas quanto o prefeito. É triste saber que ainda temos parlamentares que amparam a corrupção e o desvio de dinheiro público.

Eu faria totalmente diferente, votaria favoravelmente ao afastamento imediato do prefeito e com certeza estaria encabeçando essa CPI do Paletó que apoio integralmente, e usaria todo meu conhecimento jurídico adquirido em anos na advocacia para levar até o fim essa CPI e cassar esse prefeito que não deveria estar no poder.


Por Lucas Bellinello, Para o Boletim da Liberdade

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.