fbpx
PUBLICIDADE


Pré-candidato à Prefeitura do Rio, Hugo Leal questiona necessidade de o município ter uma estatal para limpeza

Deputado federal e pré-candidato pelo PSD falou de sua trajetória, ideias para o Rio e comentou a situação política e pautas liberais em entrevista

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista concedida ao Boletim da Liberdade na última terça-feira (16), o deputado federal e pré-candidato à Prefeitura do Rio Hugo Leal mostrou-se simpático à ideia de o governo focar em áreas essenciais e questionou o papel de a cidade ainda ter uma estatal para a limpeza urbana.

“O Estado tem que fazer bem o básico. Com excelência. Ou seja, a atuação dele na área da saúde é inevitável, isso é um papel do poder público, dar excelência. Na questão da educação, a mesma linha.  Além disso, prover a segurança. Agora, no demais, o governo não precisa participar”, pontuou.


PUBLICIDADE



Na sequência, o parlamentar – que tentará, pela primeira vez, a disputa pelo Palácio da Cidade, afirmou que tem “muito respeito pelo o que foi construído na Comlurb”, mas indagou:”Há necessidade de se ter uma empresa própria, de lixo, hoje no Rio de Janeiro?”.

“Eu tenho dúvidas sobre isso, porque depois ela se transforma em uma estrutura e fica… difícil. Ela tem um papel de excelência, mas eu acho que não é a essência do próprio órgão”, disse.

Para o pré-candidato, o risco de a máquina estatal se espalhar em diversas áreas é “acabar faltando dinheiro para as questões que são essenciais”.

“Não é só a questão de ser liberal, de não ser liberal, é a questão de ser óbvio e atuar naquilo que interessa ao Poder Público nas pautas que são fundamentais”, pontuou.

Ao longo da entrevista, Hugo Leal defendeu que o planejamento é a melhor solução para a gestão pública e deu nota 7 para o presidente Jair Bolsonaro (“ele erra um pouco na comunicação”).

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.