fbpx
PUBLICIDADE


Após vídeo, Kataguiri vê possibilidade de prisão de Bolsonaro: ‘É um criminoso’

Deputado federal pelo DEM de São Paulo considerou grave relato sobre vídeo da reunião ministerial e acusou Bolsonaro de ser criminoso por nomear diretor-geral da Polícia Federal para beneficiar a própria família

- Publicado no dia
Foto: Reprodução

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP) publicou um vídeo na noite desta terça-feira (12) afirmando que enxerga que, divulgado o vídeo, haverá substância que pode gerar a prisão do presidente Jair Bolsonaro.

“Muito provavelmente o ministro Celso de Mello vai levantar pelo menos esse trecho da reunião ministerial e veremos o presidente Jair Bolsonaro em sua verdadeira forma”, previu Kim.

Na avaliação do parlamentar, também coordenador nacional do Movimento Brasil Livre e que já apoiou publicamente o impeachment de Bolsonaro, ficará “muito claro para a população” quando ver o próprio presidente utilizar a defesa da família como argumento para troca de comando da Polícia Federal.


PUBLICIDADE



“[Pode ser] a prova cabal se Bolsonaro em vídeo afirmar que quer trocar a Polícia Federal para proteger os filhos. Ele então mentiu ao nomear o novo diretor geral da Polícia Federal”, pontuou.

“A Justiça tem que condenar e prender Jair Bolsonaro pelos crimes cometidos. Agora, com provas materiais, e não apenas testemunhais, de que o presidente da República trocou o superintendente da Polícia Federal apenas para proteger o próprio filho”, concluiu, defendendo na sequência que “Jair Bolsonaro é criminoso e precisa ser punido de acordo com os seus crimes”.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.