fbpx
PUBLICIDADE


Após ser expulso do NOVO, Salles diz que comando da sigla é de ‘centro-esquerda’

Depois de fazer um desabafo nas redes sociais onde afirmou que ‘entre Amoêdo e Bolsonaro, é Bolsonaro’, ministro do Meio Ambiente concedeu entrevista ao vivo na CNN Brasil

- Publicado no dia
Ricardo Salles (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agênci)

O ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, reclamou nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (7) ter sido comunicado sobre sua expulsão do Partido Novo. Ele resumiu que o motivo de sua expulsão foi ter “assumido sem qualquer informação prévia ou pedido de autorização o cargo de ministro”.

Em entrevista à CNN Brasil, o auxiliar de Bolsonaro afirmou que era um absurdo a decisão. “Foi um convite pessoal. A norma que o partido criou para exigir que as pessoas se afastem e se licenciam foi editada após minha posse”, disse.

Embora tenha elogiado os parlamentares do NOVO, Salles afirmou que as lideranças da sigla possuem tendência “mais de centro-esquerda” e que “há, na prática, a tentativa de se escantear pessoas” que defendam determinados temas, como o desarmamento.


PUBLICIDADE



Entrevistado na sequência pelo canal a cabo, João Amoêdo, fundador da sigla, observando não fazer parte da comissão que determinou a desfiliação do ministro, destacou que não deve ter sido o único motivo a saída de Salles. Amoêdo também criticou a declaração do ministro sobre o NOVO ser um partido de “centro-esquerda’.

“Não sei da onde ele tirou isso. O NOVO é contra o estatuto do desarmamento. No meu entender, não tem o menor sentido. O ministro falta com a verdade ao fazer essa afirmação. Ele faltou com a verdade, mas entendo que tenha ficado irritado”, pontuou.

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liebrdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.