fbpx
PUBLICIDADE

Zambelli: ‘Não cabe a ministro do STF dar palpites sobre quem acha qualificado’

Deputada federal aliada a Jair Bolsonaro criticou duramente as declarações do decano do Supremo, o ministro Celso de Mello, que havia feito declarações fortes à 'Folha' sobre Bolsonaro endossar manifestações
Foto: : Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
Foto: : Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
PUBLICIDADE

A deputada federal Carla Zambelli (PSL/SP) criticou duramente nas redes sociais as declarações do ministro Celso de MelLo, do Supremo Tribunal Federal, dadas ao jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira (26). Sem citá-lo nominalmente, a parlamentar afirmou que “não cabe a um ministro do STF dar palpites na imprensa [sobre] quem ele acha qualificado ou não para ocupar um cargo”. [1]

PUBLICIDADE

Decano da corte, Mello havia afirmado ao jornal paulistano que, caso esteja mesmo endossando as manifestações, que devem ter um teor crítico ao Supremo e ao Congresso, Bolsonaro estaria revelando uma “face sombria”, não estaria “à altura do cargo” e poderia “incidir em crime de responsabilidade”. Como se sabe, crime de responsabilidade é um dos fatores que podem causar o impeachment de um presidente.

“Não cabe a um ministro do STF dar palpites na imprensa sobre quem ele acha qualificado ou não para ocupar um cargo, ou sobre cabimento ou não de processo de impeachment. É isso – e não pessoas protestando pacificamente nas ruas – que fere a independência entre poderes”, concluiu Carla.

PUBLICIDADE

Foto: Reprodução/Twitter
Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama