fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro diz que deportar imigrantes brasileiros ilegais é direito dos EUA

O presidente do Brasil, ainda em visita oficial à Índia, comentou a deportação de 50 brasileiros dos EUA, aproveitando para criticar a lei brasileira de imigração
Bolsonaro ao chegar à Índia, onde concedeu a entrevista (Foto: Alan Santos/PR)
Bolsonaro ao chegar à Índia, onde concedeu a entrevista (Foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista neste sábado (25) depois que um avião que decolou do Texas com dezenas de brasileiros deportados dos EUA pousou em Belo Horizonte. Bolsonaro comentou o caso, afirmando que a deportação é um direito do governo americano. [1]

O avião havia partido de El Paso com 50 deportados. Apesar de lamentar que os brasileiros que desejam novas oportunidades no exterior tenham que ser devolvidos ao país dessa forma, o presidente brasileiro tem facilitado as políticas de deportação do governo americano.

“Qualquer país, as suas leis têm de ser respeitadas. Qualquer país do mundo onde pessoas estão lá de forma clandestina, é um direito daquele chefe de Estado, usando das leis, devolver aqueles nacionais”, justificou Bolsonaro. O presidente não se limitou a defender a atitude americana, mas também criticou a legislação brasileira relativa à imigração, que considera “uma vergonha”.





“Fui o único a votar contra, foi simbólico, o único a discursar contra quando ela foi elaborada e votada lá. Fui muito criticado pela mídia. A pessoa chega no Brasil com mais direitos do que nós. Então, isso não pode acontecer. Afinal de contas, nós devemos preservar o nosso país. Se abrir as portas, o país pode receber um fluxo de gente muito grande”, acrescentou.

[wp_ad_camp_3





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama