fbpx
PUBLICIDADE

Guedes já ameaçou deixar governo Bolsonaro, revela Joice Hasselmann

Deputada federal concedeu longa entrevista ao jornal 'Correio Braziliense' e afirmou, entre outros pontos, que já foi vítima de machismo da própria família Bolsonaro dentro do Congresso Nacional
(Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

A deputada federal Joice Hasselmann concedeu uma entrevista ao jornal Correio Braziliense neste domingo (24) e, entre outros pontos, foi questionada sobre o risco de o governo Bolsonaro “se desfazer”. Nesse momento, a parlamentar – que foi líder do governo no Congresso Nacional antes de romper com o presidente – afirmou que até o ministro da economia, Paulo Guedes, já ameaçou deixar o governo. [1]

“Quantas vezes estive no Palácio e o Paulo Guedes me falou: ‘Não aguento mais. Vou embora’. Ou o presidente faz o reequilíbrio emocional urgente ou as pessoas vão embora. O ministro mais novo que chegou, o Luiz Eduardo Ramos (da Secretaria-Geral da Presidência da República), falou ‘Joice, eu perdi o brilho nos olhos’. Ele acabou de chegar”, revelou.

Na sequência, a deputada afirmou que “ninguém consegue aplicar aquilo que pode para ajudar o presidente”. “Só o Paulo Guedes e o Sérgio Moro têm essa possibilidade porque sem eles há grandes chances de o governo sucumbir”, avaliou.





Em outro momento da entrevista, Hasselmann afirmou que “às vezes, [Bolsonaro] tem agido como se fosse um vereador” e afirmou que foi vítima de machismo da família Bolsonaro. “O primeiro ataque de machismo [no Congresso] partiu da família Bolsonaro. Logo comigo, que sempre disse que os movimentos feministas são um exagero”, pontuou.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama