fbpx
PUBLICIDADE


Ministro da Educação ironiza prisão de Lula em entrevista: ‘tá enjaulado’

O ministro da Educação foi questionado sobre suas críticas ao icônico educador Paulo Freire e não perdeu a oportunidade de uma comparação sarcástica com o ex-presidente

- Publicado no dia
Abraham Weintraub (Foto: Reprodução / Youtube)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, não passou pelo programa Morning Show, da Jovem Pan, nesta quinta-feira (1), sem consequências. Em mais uma de suas manifestações irreverentes e insubmissas a certos protocolos, Weintraub respondeu a uma pergunta sobre o patrono da educação Paulo Freire fazendo uma comparação e uma ironia à figura do ex-presidente Lula.

Tudo começou quando o âncora do programa, Edgar Piccoli, questionou o ministro sobre suas críticas ao icônico Paulo Freire. Enfatizando que Freire é consagrado internacionalmente, Piccoli perguntou qual seria o referencial com que Weintraub substituiria Freire.

Weintraub respondeu que não tem “raiva” de Freire e “tem até um mural dele muito feio em frente ao MEC assustando as crianças que passam lá”. Sobre a afirmação de que Freire é mundialmente conhecido, o ministro argumentou: “a aspirina foi feita pelos nazistas. Eu uso aspirina. Por quê? Porque funciona.” Porém, voltando especificamente a Freire, Weintraub questionou o motivo de nenhum outro país adotar Freire como a principal referência em seu sistema educacional.

Um dos componentes da bancada do programa, Fefito, alegou que Freire foi condecorado internacionalmente e tem título de doutor honoris causa em Harvard. Foi aí que Weintraub aproveitou a deixa: “O Lula também tem, po. Não falta título. É doutor até o Inferno gelar. E tá preso. Tá na cadeia. Tá enjaulado”. Confira:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.