fbpx
PUBLICIDADE


Acordo com União Europeia é prova da ‘determinação de abrir a economia brasileira’, diz assessor

Assessor especial para assuntos internacionais do presidente Jair Bolsonaro, o internacionalista Filipe G. Martins fez uma longa avaliação sobre a primeira viagem de Bolsonaro ao G20 e celebrou resultados

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução/Visamos)

Assessor especial da presidência da República, o internacionalista Filipe G. Martins avaliou neste sábado (6) nas redes sociais a passagem do presidente Jair Bolsonaro ao encontro do G20, no Japão, realizado no último fim de semana. [1]

Segundo ele, “poucos governos podem se orgulhar de entregar tanto em tão pouco tempo na esfera da política externa” e afirmou que o administração Bolsonaro se destaca “graças à sua determinação de fazer da diplomacia um instrumento potente de abertura, modernização e fortalecimento do nosso país”.


PUBLICIDADE



Nas publicações, Martins analisou que a viagem confirmou o “claro sinal do enorme interesse que o novo Brasil desperta em todo mundo” e citou como exemplos encontros de Bolsonaro com “líderes empresariais”, “dirigentes de organizações internacionais como a OCDE e o Banco Mundial”, além de líderes de países como Estados Unidos, Alemanha, Arábia Saudita, França, Índia, Japão e Singapura.

Por fim, o assessor de Bolsonaro para assuntos internacionais afirmou que o acordo entre o Mercosul e a União Europeia marca a “demonstração concreta de nossa determinação de abrir a economia brasileira e estimular a competitividade do nosso setor produtivo, sem abrir mão de nossa soberania”.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.