fbpx
PUBLICIDADE


Instituto Mises Brasil batiza concurso de artigos como ‘Prêmio Gabriel Oliva’

Anúncio foi um tributo ao jovem economista liberal que, seguidor da Escola Austríaca, seria para os especialistas do IMB um dos maiores quadros do tema no país e futuro diretor acadêmico do instituto

- Publicado no dia
Vencedores da primeira edição do Prêmio Gabriel Oliva (Foto: Boletim da Liberdade)

O Instituto Ludwig von Mises Brasil anunciou na noite deste sábado (11), em sua VI Conferência de Escola Austríaca de Economia, o resultado final do concurso de artigos promovido no encontro. O momento, porém, acabou representando bem mais do que a divulgação do vencedor. Emocionados, os organizadores do IMB prestaram um tributo a um jovem liberal falecido em 2019 que, segundo eles, seria em breve um dos mais brilhantes quadros da Escola Austríaca no Brasil. Por isso, anunciaram que o concurso seria agora batizado de “Prêmio Gabriel Oliva”.

Graduado e mestre em economia pela USP, Oliva cursava o doutorado na Universidade de Duke, nos Estados Unidos. Segundo Ubiratan Iorio, especialista do IMB, Oliva seria provavelmente o futuro diretor acadêmico da entidade. Quem também se emocionou ao lembrar de Oliva foi o professor e economista Fabio Barbieri, que ressaltou não apenas a trajetória acadêmica do jovem, como também de sua personalidade.


PUBLICIDADE



Vencedor do I Prêmio Gabriel Oliva, Marcelo Lourenço Filho cursa economia na USP (Foto: Boletim da Liberdade)

O vencedor da 1ª edição do Prêmio Gabriel Oliva foi o estudante de economia Marcelo Lourenço Filho, que submeteu o artigo “Os austríacos e o método: da crítica do positivismo ao resgate da tradição clássica”.

Marcelo está cursando Ciências Economicas na FEA-USP de Ribeirão Preto e confidenciou ao Boletim da Liberdade que pretende, no futuro, seguir carreira acadêmica. No meio liberal, o estudante também foi um dos fundadores do Clube Caiapós – núcleo de estudantes liberais em sua faculdade, que já organizou diversos eventos na instituição.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.