fbpx
PUBLICIDADE

Burger King ironiza governo Bolsonaro com anúncio e é criticado por internautas

O hashtag #BoicoteBurgerKing ficou entre as primeiras colocações no trending topics do Twitter; Campanha é uma referência ao veto de Jair Bolsonaro a anúncio do Banco do Brasil por pauta LGBT
Foto: Folha de S.Paulo
PUBLICIDADE

A rede de restaurantes fast-foods Burger King divulgou nesta sexta-feira (3) um vídeo publicitário no qual diz estar à procura de atores que foram vetados “por um banco”. O vídeo é uma referência ao episódio envolvendo o Banco do Brasil e ao presidente Jair Bolsonaro, que havia vetado um anúncio da estatal por uma referência à cultura alternativa, para alguns, e para outros à cultura LGBT.

PUBLICIDADE

O anúncio divulgado pela rede de fast-food diz realizar um recrutamento de elenco para comercial. “Para participar, basta se encaixar nos seguintes requisitos: ter participado de um comercial de banco que tenha sido vetado e censurado nas últimas semanas”, diz o anúncio.

O vídeo foi recebido com críticas e ameaças de boicote por internautas. O hashtag #BoicoteBurgerKing ficou entre as primeiras colocações no trending topics do Twitter.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama