fbpx
PUBLICIDADE


Bolsonaro diz que não há dúvidas de que o nazismo foi de esquerda

O presidente foi questionado pela imprensa sobre declaração proferida horas antes pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo

- Publicado no dia
Bolsonaro em Israel (Foto: Alan Santos / PR)

Em viagem a Israel, o presidente Jair Bolsonaro comentou as declarações do Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que disse nesta mesma terça-feira (2) em Jerusalém que o nazismo foi uma ideologia de esquerda. Bolsonaro ratificou enfaticamente a declaração do ministro. [1]

“Não há dúvida, não é? Partido Socialista, como é que é? Da Alemanha. Partido Nacional Socialista da Alemanha”, o presidente comentou para a imprensa, que o questionou sobre as declarações de seu chanceler. O presidente havia visitado mais cedo o Museu do Holocausto, em Jerusalém, presenciando os registros dos atos praticados pelo nacional-socialismo contra os judeus.

O chanceler, por sua vez, havia comentado que uma nova vertente de pesquisadores identificou semelhanças entre o nazismo e a extrema esquerda e sugeriu que as pessoas lessem a história “de uma perspectiva mais profunda”. O Boletim abordou a polêmica sobre essa classificação ideológica em matéria especial, publicada em agosto de 2017.


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.