fbpx
PUBLICIDADE


RJ: Sob comando do PT, ALERJ decide dar posse a deputados presos; NOVO protesta

Os deputados Chicão Bulhões e Alexandre Freitas decidiram solicitar que decisão da Mesa Diretora da Assembleia seja decidida em plenário; mais votado do RJ, Bulhões classificou a medida como “temerária”

- Publicado no dia
Chicão Bulhões, do NOVO, toma posse como deputado estadual (Foto: Divulgação)

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, André Ceciliano (PT), anunciou nesta quinta-feira (21) que a Mesa Diretora da ALERJ decidiu dar posse aos seis deputados eleitos que estão na cadeia desde a Operação Furna da Onça. A medida sofreu críticas, entre elas de deputados do Partido Novo. [1]

O deputado estadual Chicão Bulhões (NOVO) classificou-a como “ilegal” e “temerária”. Segundo o parlamentar, já teriam se passado o “prazo de 30 dias [desde a posse da atual legislatura] e os próprios políticos presos poderiam ter feito um requerimento” solicitando a posse, o que nunca fizeram. [2]

A assessoria de imprensa de Bulhões garantiu ao Boletim da Liberdade que medidas estão sendo estudadas.


PUBLICIDADE



Nas redes sociais, o deputado estadual Alexandre Freitas (NOVO) também considerou a medida errada e afirmou que, em conjunto com Bulhões e com o deputado estadual Renan Ferreirinha (PSB), será feito o pedido para que a decisão seja submetida ao plenário. [3]

Líder do movimento “Acredito”, ao lado da deputada federal Tabata Amaral (PDT/SP), o hoje crítico Ferreirinha curiosamente, no início de fevereiro, votou para eleger André Ceciliano à presidência da ALERJ. O socialista preferiu o petista aos colegas do NOVO, que tentaram viabilizar, sem sucesso, uma chapa própria para o comando da Assembleia. Na ocasião, o Movimento Brasil Livre fez forte oposição à condução de Ceciliano à liderança da Casa.

Deflagrada no início de novembro de 2018, a Furna da Onça foi uma operação da Polícia Federal que teve 19 mandados de prisão temporária, 3 de prisão preventiva e 47 de busca e apreensão. O objetivo da ação foi investigar a participação de deputados estaduais em esquemas de corrupção no Governo do Estado do Rio de Janeiro.

 

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.