fbpx
PUBLICIDADE


Marcel van Hattem ‘cobrou’ maior defesa de Bolsonaro à Previdência

O líder do Partido Novo na Câmara questionou a demora em fazer publicações sobre o assunto; desde então, o presidente tem se manifestado mais a respeito

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Rádio Guaíba)

O deputado gaúcho e líder da bancada do Partido Novo na Câmara, Marcel van Hattem, se manifestou nesta quinta-feira (7) sobre a promessa do presidente Jair Bolsonaro de que usaria mais amplamente as redes sociais para defender a proposta de reforma previdenciária do Ministério da Economia. Ele disse que o presidente estava demorando a cumprir a promessa. [1]

“Esperamos que ele use as redes, faça vídeos ao vivo. Acho que está demorando para ele fazer isso. Isso foi pedido e conversado na reunião de líderes. Continuamos esperando ele colocar isso em prática”, declarou Van Hattem. A ideia do representante do NOVO e de outros líderes partidários é que o presidente assuma mais ostensivamente o compromisso de falar diretamente à população para estabelecer um processo de convencimento sobre os benefícios e a necessidade da reforma.

Até a declaração de Van Hattem, a última publicação de Bolsonaro sobre o assunto no Twitter havia sido uma repostagem de uma publicação do filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), no dia 20 de fevereiro, em que ele e o líder do governo na Câmara, Major Victor Hugo (PSL-GO), aparecem tendo uma aula com técnicos sobre o tema. Desde então, entretanto, o presidente tem feito publicações mais elaboradas em suas redes sociais sobre o assunto.

Uma delas foi o compartilhamento de um vídeo do deputado do NOVO, Vinicius Poit, sobre o tema. No entanto, Bolsonaro também fez comentários próprios defendendo a importância da reforma. Confira alguns:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.