fbpx
PUBLICIDADE


Interessado na relatoria da reforma da Previdência, Kim reage a críticas

Deputado federal pelo DEM de São Paulo em seu primeiro mandato e coordenador nacional do Movimento Brasil Livre, Kataguiri responde a críticas de que é inexperiente para a função

- Publicado no dia
Kim Kataguiri discursa em plenário (Foto: Divulgação/DEM)

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP) tem interesse em assumir a função de relator da reforma da Previdência, cujo projeto deve ser enviado ao Congresso ainda em fevereiro pelo Ministério da Economia.

Ao Boletim da Liberdade, o deputado explica que quer a missão por considerar que a reforma é “o projeto mais importante para o país”. Questionado sobre críticas advindas de outros parlamentares sobre sua falta de experiência legislativa para o cargo (Kim assumiu o primeiro mandato há uma semana), o deputado foi enfático.


PUBLICIDADE



“Estou lutando pela previdência desde antes de o governo Temer pauta-la. Nenhum parlamentar está empenhado na matéria há tanto tempo quanto eu”, disse.

Relatoria

Todos os projetos propostos na Câmara dos Deputados passam por um trâmite previamente estabelecido no regimento interno. Depois de serem destinados a comissões parlamentares específicas, um deputado é escolhido como relator. Sua missão é analisar a proposta minuciosamente e apresentar um relatório com voto para orientar seus colegas.

O relator pode sugerir aprovar integralmente ou parcialmente, assim como a rejeição do projeto. Se o voto do relator é negado pela maioria dos deputados da comissão, um novo relator é escolhido.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


 

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.