fbpx
PUBLICIDADE


Proibição dos canudos prejudica turismo no Rio, defende Leandro Lyra

O vereador do Partido Novo relembrou neste começo de 2019 que foi o único a adotar posicionamento contrário à medida e resgatou discurso que apontava seus prejuízos

- Publicado no dia
Leandro Lyra (Foto: Reprodução / Jornal O Globo)

O vereador do Partido Novo, Leandro Lyra, que travou uma disputa frustrada com a legenda para se candidatar a deputado federal sem conclusão do mandato, relembrou no último dia 16 que foi o único voto contrário à proibição de canudos plásticos nos restaurantes do Rio de Janeiro. Ele enfatizou que a medida atrapalha o meio ambiente.

Para Lyra, o projeto foi aprovado “por conta de uma mobilização popular com uma carga emocional forte”, “num arroubo”, e tem efeitos nocivos ao Rio. Os primeiros efeitos constatados são os efeitos turísticos. “Vai chegar o turista aqui e vai começar que o cara vai beber água de coco, não é no canudo não, ele vai ter que ter um copo, aí ele pega e tem que colocar a água no copo”, ironizou.

O vereador sustentou ainda que a medida transforma o Rio de Janeiro em “uma piada”, não prevendo que o efeito seria “substituir canudo de plástico por copo de plástico, canudo de plástico por canudo de papel vagabundo e quarenta vezes mais caro” e prejudicando os comerciantes. Confira um registro do discurso:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.