fbpx
PUBLICIDADE


Olavo de Carvalho ataca o general Mourão por críticas ao chanceler

O filósofo não gostou dos comentários do vice-presidente demonstrando ceticismo quanto às capacidades do Ministro das Relações Exteriores

- Publicado no dia
Hamilton Mourão (Foto: Reprodução / Folha)

O vice-presidente Hamilton Mourão disse à revista Época na última sexta-feira (18) que tinha dúvidas da capacidade do chanceler Ernesto Araújo de delinear objetivamente a política externa. Na segunda-feira (21), Olavo de Carvalho atacou Mourão pelas críticas.

De acordo com Olavo, a atitude de Mourão é “insana”. O filósofo pontuou ainda que quem não compreende que “um membro do governo Bolsonaro falar delicadamente com a mídia é cortejar abertamente o inimigo e desprezar os eleitores” não merece ter um cargo no governo. O ministro Ernesto Araújo é aluno e admirador de Olavo de Carvalho, sendo um dos nomes no quadro de ministérios de Bolsonaro cuja indicação é atribuída ao filósofo.

Confira os posts de Olavo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.