PUBLICIDADE


João Doria anuncia concessão à iniciativa privada de sete presídios em São Paulo

Governador de São Paulo anunciou também que novas vagas criadas no estado deverão obrigatoriamente ser em presídios administrados pela iniciativa privada: entenda como funciona

- Publicado no dia
Foto: Reprodução / Facebook

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira (18) o mais amplo programa de concessão à iniciativa privada de presídios no Brasil.

De acordo com o tucano, serão ao todo sete prisões administradas privadamente – sendo que quatro ainda estão em construção e outras três em planejamento. São Paulo possui mais de 170 penitenciárias.


PUBLICIDADE


Além disso, como informa o jornal O Globo, o governador determinou que novas vagas criadas no estado sejam destinadas a presídios privados, o que fará com que a proporção de vagas sob a administração pública seja reduzida ao longo do tempo.

Mais comuns nos Estados Unidos mas também presente em Minas Gerais, as penitenciárias administradas pela iniciativa privada geralmente são remuneradas por preso abrigado. Do mesmo modo como recebem benefícios, as empresas que administram as prisões podem receber punições em casos de rebeliões, fugas e destrato aos direitos humanos.

Confira no vídeo abaixo um pouco mais sobre o presídio mineiro:

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.