PUBLICIDADE


Bolsonaro nega qualquer possibilidade de debater pena de morte no governo

O assunto surgiu porque o jornal “O Globo” publicou uma matéria dando conta de um interesse de Eduardo Bolsonaro de discutir o tema

- Publicado no dia
(Foto: Valter Campanato/ABr)

O presidente eleito Jair Bolsonaro publicou neste domingo (16) em seu Twitter um posicionamento sobre as especulações de que seu governo colocaria em debate a questão da pena de morte. Ele negou essa possibilidade. [1]

Tudo começou porque o jornal O Globo publicou matéria alegando que o deputado federal eleito Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, teria dito que defende a discussão em plebiscito da pena de morte para traficantes de drogas e autores de crimes hediondos. A ideia era ampliar a exceção constitucional de aplicação da pena para crimes de guerra para os referidos casos.

Jair Bolsonaro comentou que a bandeira não faz parte de sua campanha. “Assunto encerrado antes que tornem isso um dos escarcéus propositais diários”, sentenciou.

Confira o post original:


PUBLICIDADE



Em destaque no Jornal O Globo de hoje informou que, em meu governo, o assunto Pena de Morte será motivo de debate. Além de tratar-se de cláusula pétrea da Constituição, não fez parte de minha campanha. Assunto encerrado antes que tornem isso um dos escarcéus propositais diários.

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 16 de dezembro de 2018

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.