fbpx
PUBLICIDADE


Diálogo com Paulo Guedes causa má impressão no Senado, diz ‘Buzzfeed’

Presidente do Senado, Eunício de Oliveira, teria considerado a conversa com um clima ruim e relatado que Guedes pressionou de maneira agressiva pela aprovação da Reforma da Previdência

- Publicado no dia
Foto: Sergio Castro/Estadão

O portal de notícias Buzzfeed publicou na noite desta sexta-feira (9) uma reportagem que relata um encontro entre influentes parlamentares de Brasília com o futuro ministro da economia do governo Bolsonaro, Paulo Guedes, na última terça-feira (6). De acordo com a matéria, o economista deixou uma má impressão entre os senadores e deputados presentes. [1]

No encontro, Guedes conversava com Eunício de Oliveira (MDB/CE), o senador Fernando Bezerra (MDB/PE) e o deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ). O diálogo, no entanto, que teria começado de forma “amena” acabou “rapidamente evoluindo para uma carteirada” de Guedes.


PUBLICIDADE



O presidente do Senado teria relatado ao Buzzfeed que Guedes fez desdém da aprovação do orçamento, mostrando desconhecimento que o Congresso é obrigado a aprová-lo para entrar em recesso. O economista teria ainda insistido de forma agressiva para que o Legislativo aprovasse a Reforma da Previdência ainda em 2018.

“Eu só quero Reforma da Previdência. Se vocês não fizerem, vou culpar esse governo, vou culpar esse Congresso e o PT volta, e vocês vão ser responsáveis pela volta do PT. Se aprovar a reforma o Brasil vai crescer a 6%, se não aprovar o Brasil não vai crescer, eu vou culpar vocês”, teria afirmado Guedes, segundo a reportagem.

Eunício teria considerado a conversa com um clima ruim, que somou-se à declaração posterior de Guedes de que era preciso dar uma “prensa no Congresso”. O presidente do Senado também teria externalizado a importância de uma boa articulação no Senado.

No próximo ano, quem deve liderar o governo no Senado Federal é o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), filho de Jair e de perfil mais moderado.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição de R$ 99,90 ao ano, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e na nossa listagem do WhatsApp. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook


 

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.