fbpx
PUBLICIDADE


Lauro Jardim diz que equipe de Bolsonaro suspeita de ação do Hezbollah em facada

O jornalista afirmou que militantes e assessores do presidenciável acreditam que grupo terrorista teria arquitetando ações na América Latina

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Último Segundo)

O jornalista Lauro Jardim fez uma afirmação bastante peculiar – em suas próprias palavras, “uma história rocambolesca” – em sua coluna no O Globo neste domingo (16). Segundo ele, membros da equipe no entorno do presidenciável Jair Bolsonaro acreditam que a facada que ele levou foi obra do grupo terrorista Hezbollah. [1]

No texto, Jardim comenta que, de acordo com a narrativa que circula entre eles, “agentes do Mossad, o serviço de inteligência de Israel, estiveram recentemente na Argentina para avisar às autoridades locais que integrantes do Hezbollah fariam suas vítimas na América do Sul: Maurício Macri e Jair Bolsonaro”.

O Boletim não encontrou a suposta afirmação expressa publicamente em nenhuma das principais páginas nas redes sociais ligadas à campanha do parlamentar à presidência ou de seus aliados.


PUBLICIDADE



+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.