fbpx
PUBLICIDADE


Candidato ao governo do Rio pelo NOVO já doou dinheiro para candidato do PT

Informação extraída do site ‘Congresso em Foco’ foi utilizada por candidato a deputado federal para criticar Marcelo Trindade, cuja popularidade entre os liberais e conservadores já não é das melhores

- Publicado no dia
Marcelo Trindade (Foto: Reprodução / Rádio Rural FM)

O candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo Partido Novo, Marcelo Trindade, realizou em 2014 uma doação no valor de R$ 15.000,00 para o então candidato a deputado federal Alessandro Molon, que concorria àquela altura pelo PT. Naquela eleição, Molon obteve 87 mil votos e, ao longo do mandato, votou contra a reforma trabalhista e também contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). [1]

A informação foi denunciada pelo candidato a deputado federal Pedro Rafael (PSD) na manhã desta segunda-feira (17). Em publicação no Facebook, Pedro Rafael – ex-membro do Livres – questionou em sua publicação se Trindade é mesmo um liberal. Para denunciar a doação, ele utilizou como fonte informações extraídas do site Congresso em Foco, que por sua vez são baseadas em dados do Tribunal Superior Eleitoral. [2]

Foto: Reprodução/Congresso em Foco

PUBLICIDADE



Essa não é, porém, a primeira polêmica envolvida com Marcelo Trindade. Em julho, o Boletim noticiou que a coordenadora do programa de governo do candidato era a economista Eduarda de la Rocque, que havia sugerido em artigo ao Jornal do Brasil que o impeachment havia sido um golpe e que Lula era inocente.

Após a repercussão negativa entre os seguidores do Partido Novo, Rocque pediu para sair da campanha, mas o candidato não se desculpou pela nomeação.

Boletim da Liberdade entrou em contato com a assessoria de imprensa de Marcelo Trindade para ter uma posição em relação ao motivo de doação a Molon, mas ainda não obteve resposta. (ATUALIZADO às 16h23: Em nota enviada ao Boletim da Liberdade, o candidato explicou sua doação. Clique aqui e veja)

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.