SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Daciolo critica influência de Guedes em Bolsonaro e fala de debate da Globo

Candidato à presidência da República pelo Patriota criticou posicionamentos liberais de Jair Bolsonaro, voltou a questionar maçonaria e ameaçou a TV Globo: ‘Espera, você vai ver!’

- Publicado no dia
Cabo Daciolo em transmissão ao vivo direto do monte onde faz jejum (Foto: Reprodução/Facebook)

Jair Bolsonaro (PSL) foi alvo na última quarta-feira (12) de severas críticas do também candidato à presidência da República Cabo Daciolo (Patriota). Em transmissão ao vivo em sua página no Facebook, o ex-bombeiro militar questionou a influência “do mercado” no capitão e afirmou ser contra a liberação das armas. [1]

“Eu respeito todos os candidatos. Mas eu quero chamar a sua atenção para algo que está acontecendo. […] Bolsonaro é um dos poucos parlamentares que eu converso no Congresso. Mas o problema é com quem ele começou a andar. Para atender o mercado, vem com Paulo Guedes como seu Ministro da Fazenda. Guedes atende o mercado internacional, leva Bolsonaro para os Estados Unidos para conversar com a família Rockefeller e, no dia 5, leva para conversar com João Marinho. E no dia 6 acontece o que aconteceu”, disse o candidato, criticando posicionamentos liberais no âmbito econômico do candidato do PSL.

Em seguida, ele teceu críticas a Bolsonaro “andar no meio de maçons”, entre eles o vice General Mourão. “Eles pregam liberdade, fraternidade e liberdade só entre eles. Pregam o que está oculto. Mas Deus não está em nada o que está oculto”, afirmou.


PUBLICIDADE



Na mesma transmissão, Daciolo reafirmou que acredita que será presidente da República e eleito ainda no 1º turno, “apesar de saber que as urnas eletrônicas são fraudulentas”. [2]

Por fim, Cabo Daciolo também comentou sobre sua participação no último debate presidencial, que será transmitido pela TV Globo.

“Está chegando a hora de eu falar a verdade na Dona Rede Globo. Espera, Rede Globo! Você vai ver! O povo vai saber a verdade, saber para quem vocês atuam e o que vocês estão fazendo com o povo”, ameaçou.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também