SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



MBL mineiro suspeita de intimidação por tentar impedir candidatura de Dilma

Ex-presidente quer tentar uma vaga ao Senado através do estado governado pelo também petista Fernando Pimentel; coordenadores do MBL tentam impedir

- Publicado no dia
Dilma Rousseff (Foto: Reprodução / Exame)

A ex-presidente Dilma Rousseff quer tentar uma vaga ao Senado em Minas Gerais, mesmo depois de ter sofrido o impeachment no ano retrasado. O Movimento Brasil Livre no estado reagiu a isso – e, de acordo com denúncia que fizeram em transmissão ao vivo na última quinta-feira (16), teme estar sofrendo tentativas de intimidação em consequência.

“Nós pedimos a impugnação da candidata ao Senado Federal por Minas Gerais, Dilma Rousseff”, explicou um dos coordenadores do MBL no estado. Para ele, Dilma escolheu Minas por ser o estado do governador petista Fernando Pimentel, que “conseguiu se blindar” e “destruiu o estado de Minas”, prejudicando as contas públicas do estado.

Ele afirmou que então, ao sair do escritório local do MBL acompanhado de outros coordenadores, percebeu um carro suspeito com painel aceso. Houve uma ameaça de alguém dentro do carro, que depois desapareceu, bem como telefonemas e mensagens considerados suspeitos, que, ele garante, serão investigados. A própria Dilma afirmou no Twitter que a tentativa de impugnação seria uma manobra de um “testa-de-ferro dos tucanos”.


PUBLICIDADE



Confira o vídeo na íntegra:

+ CURSO SEGREDOS DO BITCOIN 2.0: Treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também