fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro especula Flávio Rocha como ministro em reunião com empresários

O dono da Riachuelo foi citado como um possível ministro no governo Bolsonaro, depois de ter desistido da própria candidatura presidencial
Flávio Rocha (Foto: Reprodução / Veja)
Flávio Rocha (Foto: Reprodução / Veja)

O empresário Flávio Rocha chegou a pleitear a posição de candidato à presidência da República. Contava até com o apoio do Movimento Brasil Livre para o empreendimento. O projeto, entretanto, foi cancelado, e, em uma dessas voltas que a vida dá, o dono da Riachuelo pode se tornar ministro de Jair Bolsonaro em um eventual governo do candidato do PSL. Ao menos é o que indica matéria publicada neste domingo (12) pela Folha de S. Paulo. [1]

Segundo o texto, Bolsonaro esteve reunido com 62 empresários paulistas na última sexta-feira (10) e cogitou o nome de Rocha para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Ainda brincou, dizendo que ele seria seu “vice-presidente de honra”; Rocha estava presente.

A reunião não era para formalizar compromissos de apoio e sim uma reunião de sondagem. No entanto, a Folha garante que alguns nomes importantes ficaram convencidos, especialmente porque Bolsonaro não pediu doações para sua campanha.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama