fbpx
PUBLICIDADE


Flávio Rocha desiste da pré-candidatura e pede união para ‘projeto de convergência’

Empresário fundador do movimento Brasil 200 ganhou destaque no início de 2018 e foi apoiado pelo Movimento Brasil Livre; com a desistência, PRB fica livre para negociar com Geraldo Alckmin

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução/Facebook)

O empresário Flávio Rocha (PRB) anunciou nesta sexta-feira (13) a retirada de sua pré-candidatura à presidência da República. O movimento perdeu consideravelmente força ao longo dos últimos meses e crescia, nos bastidores, insatisfação do partido com os baixos índices obtidos nas pesquisas de intenção de voto. [1]

Em vídeo publicado nas redes sociais, o empresário afirmou que a decisão foi conjunta com o PRB e que “o Brasil passa por um momento turbulento e que não pode flertar com os extremos”, em provável referência aos pré-candidatos Lula (PT), Ciro Gomes (PDT) e Jair Bolsonaro (PSL).

“Mais do que nunca, vemos como necessário que todos que sonhem com um Brasil livre e democrático se unam com um único projeto de convergência. Saí do processo eleitoral com a firme convicção de que me lançar nesse projeto, mesmo interrompendo minha carreira empresarial no seu melhor momento, foi uma decisão acertada”,  disse Rocha.


PUBLICIDADE



Ao fim, o ex-presidente da varejista Riachuelo mencionou o movimento Brasil 200 e agradeceu os integrantes do Movimento Brasil Livre, que apoiaram a candidatura no início de 2018 e o auxiliaram a se projetar nas redes sociais.

“Não posso deixar de mencionar o apoio dos intrépidos garotos do MBL, que estiveram comigo nessa jornada. Agradeço ainda ao PRB, um grande partido que me acolheu com entusiasmo e que tem todas as condições de liderar o diálogo firme em busca de contribuir com a proposta mais equilibrada para o Brasil”, concluiu. Assista o vídeo na íntegra abaixo:

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.